WWCTL diz que estado de emergência põe em risco emprego de trabalhadores domésticos

by -49 views

Díli- Elisabeth Lino de Araújo, representante do Centro de Informação para o Impacto da Covid-19, disse, esta terça-feira (05/05), que o estado de emergência põe em risco o emprego de alguns trabalhadores domésticos.

Elisabeth Lino recordou que os trabalhadores domésticos fazem parte do setor informal. Avançou, como tal, que o Centro de Empregadas de Timor-Leste (WWCTL, em inglês), enquanto membro do Fórum das Organizações Não Governamentais de Timor-Leste (FONGTIL), se tem, desde 2011, dedicado à proteção dos direitos destes trabalhadores.

“Estou a falar como membro do FONGTIL. Registam-se atualmente no WWCTL 218 trabalhadores domésticos. Receberam também várias formações e, quando têm problemas com o trabalho, são apoiados pelo WWCTL, que encaminha o assunto para a Confederação de Sindicatos de Timor-Leste (CSTL)”, afirmou Elisabeth Lino, no FONGTIL, em Caicoli.

A responsável revelou também que, durante o estado de emergência, 78 trabalhadores domésticos foram despedidos, pois os empregadores perderam também o seu trabalho.

Elisabeth lembra ainda que o trabalho doméstico é também uma profissão e pediu, como tal, que o código laboral previsse os princípios de igualdade de um emprego que deve ser valorizado, combatendo, desta forma, a discriminação contra mulheres no local de trabalho. (azu)

No More Posts Available.

No more pages to load.