Virgílio Guterres eleito Conselheiro de Imprensa pela AJTL

by -41 views

DÍLI- A Associação de Jornalistas de Timor Lorosa’e (AJTL) elegeu, no passado sábado (04/07), Virgílio Guterres como Conselheiro de Imprensa para o período de 2020 a 2024.

Virgílio Guterres, que desempenha as funções de Presidente do Conselho de Imprensa e cujo mandato está a terminar, diz querer defender os princípios do jornalismo.

“Quero defender os princípios e os valores da democracia já consagrados na Constituição, sobretudo a liberdade de imprensa e liberdade de expressão. A luta pela liberdade de imprensa em Timor não é apenas um compromisso pela democracia, mas uma responsabilidade da nossa luta e da história”, afirmou Virgílio Guterres.

O conselheiro recordou a importância do jornalismo na luta pela independência do país.

“O jornalismo fez parte da luta de Timor, desde o colonialismo português. Tornou-se num instrumento de divulgação de ideias nacionalistas, que tiveram início com Xanana, Ramos Horta e Mari Alkatiri, antes da ocupação da Indonésia”, afirmou.

Virgílio Guterres lembrou igualmente os cincos jornalistas australianos assassinados em Balibó no início da ocupação indonésia.

O conselheiro recordou ainda os princípios fundadores da AJTL e disse querer que esses valores norteiem o Conselho de Imprensa.

“Este é um apoio direto dos jornalistas, dos responsáveis dos órgãos de comunicação social e dos fundadores da AJTL. Naquele dia 22 de dezembro de 1998, no Hotel Turismo, em que Ramos Horta marcou presença, declarámos criar esta organização com alguns princípios, rejeitando a intervenção política editorial e a pressão em relação à liberdade de imprensa. Podemos levar estes princípios para o Conselho de Imprensa com outros colegas nomeados por outras instituições”, afirmou.

Estiveram presentes na conferência da AJTL José Ramos Horta e o Ministro dos Assuntos Parlamentares e Comunicação Social, Francisco Jerónimo. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.