Vendedores do Mercado de Taibessi pedem máscaras a Governo

by -95 views
Foto: Unicef Timor-Leste

DÍLI (Timor Post) – Os comerciantes do Mercado de Taibessi pediram ao Governo que distribua máscaras com vista a contribuir para a prevenção e o combate à covid-19 no país.

“Como é que vamos comprar máscaras, se não temos compradores? É necessário, por isso, que o Ministério da Saúde nos apoie com máscaras. Além disso, as forças de segurança estão sempre a obrigar-nos a usá-las”, questionou Francisca Barros, vendedora do Mercado de Taibessi, no passado domingo (29/08).

Francisca Barros defendeu igualmente a necessidade de o Executivo instalar tanques de água e colocar sabonetes nas entradas do mercado para conter o risco de contágio do novo coronavírus.

“A equipa de saúde anda sempre a avisar que é preciso lavar as mãos antes de entrar no mercado, mas há quatro dias que o tanque está vazio”, lamentou.

Na mesma linha, Jéssica Gomes, vendedora do Mercado de Taibessi, sustentou a necessidade de o Governo efetuar a distribuição de máscaras e instalar tanques de água para que os cidadãos cumpram as regras sanitárias impostas pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de saúde (OMS).

Recorde-se que a Coordenadora-Adjunta da Força-Tarefa para a Prevenção e Mitigação de um Eventual Surto de COVID-19 da Sala de Situação, Odete Viegas, tinha antes referido que, apesar de o Governo ter pedido a utilização da máscara, muitos cidadãos não têm capacidade financeira para a adquirirem.

“Peço, por isso, ao Executivo que os apoie com máscaras em tecido. Além disso, o Governo deve distribuí-las pelas F-FDTL e PNTL para estas darem o exemplo à população”, afirmou Odete Viegas.

É de lembrar que o representante da OMS em Timor-Leste, Arvind Mathur, apelou igualmente que se mantivesse o cumprimento das medidas preventivas e de combate ao surto pandémico da covid-19 devido ao aumento substancial de casos ativos no país. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.