UE disponibiliza equipamentos de proteção individual para sete municípios e RAEOA

by -25 views

DÍLI- A União Europeia (UE), por intermédio de ONG internacionais e nacionais, forneceu equipamentos de proteção individual aos profissionais de saúde e às famílias mais vulneráveis provenientes dos municípios de Díli, Aileu, Baucau, Viqueque, Liquiçá, Ermera e Covalima e Região Administrativa Especial de Oé-Cusse-Ambeno (RAEOA).

O Embaixador da UE, Andrew Jacobs, mostrou-se satisfeito por a Oxfam e a ONG nacional NAO terem já concedido apoio ao Ministério da Saúde (MS) para fazer face à propagação da covid-19.

“Estes materiais, compostos por 200 mil máscaras, 20 mil litros de desinfetante e sabão para a lavagem das mãos, serão distribuídos pelos profissionais de saúde, comunidade nas áreas rurais e pessoas mais vulneráveis em sete municípios e RAEOA. Serão abrangidos mais de 30 mil utilizadores”, disse Andrew Jacobs, esta segunda-feira (03/08), em declarações aos jornalistas, à margem da entrega de produtos de proteção individual ao MS, em Díli.

Segundo o diplomata, o custo do material sanitário é de 1,4 milhões de dólares americanos, verbas da UE para o combate à propagação do novo coronavírus em Timor-Leste.

Andrew Jacobs acrescentou que o projeto em causa ascende aos 3,5 milhões de dólares americanos e é implementado por cinco ONG internacionais, nomeadamente a Care International, a Oxfam, a Plan International, Catholic Relief Services e a World Vision em parceria com ONG nacionais. (res)