Turismo timorense no início de fevereiro com receitas de cerca de 70 mil dólares

by -31 views

Díli- O setor turístico timorense arrecadou, no início de fevereiro, receitas de cerca de 70 mil dólares, com a cobrança de vistos de turismo a 2945 cidadãos estrangeiros vindos no navio cruzeiro Pacific Explorer, que atracou no Porto de Díli no passado 05 de fevereiro. Entre os passageiros, 2072 eram turistas e 873 tripulantes oriundos de várias nacionalidades.

A informação foi revelada aos jornalistas, na passada quarta-feira (05/02), pelo Diretor-Geral do Ministério do Turismo, Comércio e Indústria (MTCI), José Quintas, no Porto de Díli.

“Visitaram o nosso país mais de dois mil turistas. Cada um pagou o visto turístico no valor de 30 dólares, o que permitiu arrecadar cerca de 70 mil dólares. O cruzeiro atracou durante oito horas no nosso porto, entre as 7h00 e as 15h45”, disse.

O diretor afirmou ainda que o rendimento obtido à custa das visitas de turistas estrangeiros tem registado, nos últimos anos, um aumento. Face a estes números, apelou às autoridades Portuárias de Timor-Leste que fossem requalificadas as infraestruturas do Porto de Díli por considerar que as condições deficitárias que se registam atualmente poderão manchar “o bom nome do país”.

“Arrecadámos, no ano passado, aproximadamente 100 mil dólares, pois visitaram o país cerca de cinco mil turistas. Para mim, este valor é suficiente para proceder à requalificação do Porto de Díli, uma vez que as suas infraestruturas, com destaque para o terminal dos passageiros, o teto do edifício e as condições sanitárias, permanecem em más condições”, referiu.

José Quintas avançou ainda que se registou uma ligeira quebra no número de turistas face ao período homólogo do ano anterior, causada pelo surto do coronavírus.

Segundo o diretor, durante a breve estadia em solo timorense, os turistas do navio cruzeiro Pacific Explorer puderam visitar não apenas as principais atrações turísticas de Díli, como ainda os municípios de Ermera e Liquiçá. (mj3)