Três pessoas detidas durante finados por passagem ilegal

by -112 views
Foto Especial

DÍLI (Timor Post) – A Unidade de Patrulhamento de Fronteiras (UPF) da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) deteve, nos feriados  de 1 e 2 de novembro, três pessoas que entraram no país  de forma ilegal.

Segundo o comandante da UPF, o Superintendente Euclides Belo, duas pessoas foram detidas em Batugade e outra em Oé-Cussé pela equipa de vigilância de Timor-Leste e Indonésia.

“Os nossos membros das forças de segurança que são compostos pela PNTL e pelas FALINTIL- Forças Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) efetuaram, esta quarta-feira, por volta da 01h30, a detenção de dois cidadãos em Palaca, na área de Wealae, em Batugade. Estes vieram da Indonésia num barco”, disse Euclides Belo aos jornalistas, esta quarta-feira (03/11), via telefone.

Os detidos foram já encaminhados para a esquadra da PNTL de Atabae. Vão, posteriormente, fazer testes à covid-19 e cumprir 14 dias de quarentena.

“Segundo o depoimento dos dois detidos, partiram de Bemalae, em Palaca, para Atambua, no dia 9 de junho, num barco com outras 10 pessoas para participarem na graduação de um grupo de artes marciais. As 10 pessoas foram detidas nos últimos dois meses”, referiu.

A outra detenção foi realizada no Suco de Costa, em Pante Macassar, quando o homem entrou na região de forma clandestina, por via marítima.

“O detido foi para a Indonésia em 2003 com o objetivo de trabalhar na recolha de frutos de palma em Calimantan, Indonésia, mas decidiu depois  regressar. A UPF já o entregou à equipa de saúde para que possa cumprir a quarentena”, concluiu.

A UPF disse estar a empenhar-se para garantir a segurança nas linhas fronteiriças e destaca o contributo de todos os cidadãos. (jxy)

No More Posts Available.

No more pages to load.