Total de estudantes com direito a subsídios cabe a cada universidade

by -52 views

DÍLI (Timor Post) – O Diretor da Inspeção do Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC), Higino Alves, disse que o problema relativo ao acesso a subsídios de propinas e de carregamentos para a internet por parte dos estudantes é da responsabilidade de cada instituição de ensino superior, que enviou os dados dos seus alunos para o ministério.

Segundo os dados, o MESCC regista 18 universidades em todo o território com mais de 64.590 estudantes, pelo que foi alocada por parte do ministério uma verba de dois milhões de dólares americanos para os subsídios.

“O ministério apenas aloca o fundo conforme os dados recebidos e não tem nada a ver com o total dos estudantes com ou sem direito a subsídios. Todos os universitários têm direito ao subsídio. Sugiro, por isso, aos que ainda não receberam para que tratem desse assunto com a sua universidade”, afirmou Higino Alves aos jornalistas, esta segunda-feira (16/08), no seu local de trabalho.

Já o Reitor da Universidade da Paz (UNPAZ), Adolmando Soares Amaral, revelou que o subsídio de propinas e carregamentos de dez dólares americanos por mês a cada aluno é uma política do MESCC no sentido de providenciar apoio aos estudantes durante a crise pandémica da covid-19.

“Por volta de 50% dos estudantes têm acesso ao ensino à distância graças aos subsídios oferecidos pelo Governo”, disse Adolmando Soares. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.