TLCE pede que distribuição de manuais se inicie nas áreas rurais

by -72 views

DÍLI – O Coordenador da Organização Não Governamental (ONG) Coligação para a Educação de Timor-Leste (TLCE, em inglês), José Monteiro, pediu ao Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD) que efetuasse a distribuição de manuais escolares, dando inicialmente prioridade aos alunos que residem nas áreas rurais.

“Importa em primeiro lugar que a entrega destes manuais comece a partir da sua base, ou seja, das áreas mais remotas. Não devemos colocar a capital [Díli] como prioridade”, disse o coordenador, esta quinta-feira (14/05), em declarações aos jornalistas do Timor-Post, no seu local de trabalho, em Caicoli, Díli.

Segundo José Monteiro, o pedido deve-se ao facto de os manuais serem a única fonte de leitura para os alunos que residem nas áreas remotas, ao contrário dos seus colegas que vivem na capital que têm acesso ao programa ‘Escola em Casa’, disponível em linha e através de canais televisivos.

“Os estudantes nas áreas urbanas, como Díli e as demais vilas dos municípios, podem aceder diariamente ao programa Escola em Casa durante 24 horas, quer através da televisão quer através da rede social Facebook e plataformas online. Estes alunos não devem, todavia, ser uma prioridade”, concluiu.

Recorde-se que a Ministra da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), Dulce Soares, revelou na semana passada que tinha sido enviado um despacho aos diretores de educação de todos os municípios, incluindo da RAEOA, para que efetuassem a distribuição de manuais escolares pelos estudantes.

A ministra referiu ainda que estes manuais, cuja entrega será controlada pelo MEJD, permitem aos alunos estudar os conteúdos curriculares durante o estado de emergência.

“Recolhemos diariamente os dados sobre o número de manuais entregues bem como o número de escolas que já os receberam. A distribuição é lenta devido ao cumprimento das medidas de prevenção da covi-19 nas escolas, como o distanciamento social”, disse Dulce Soares, em Aitarak Laran.

A ministra garantiu ainda que todas as escolas receberão os manuais, pois o processo está a ser acompanhado não só a nível nacional como municipal.  (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.