TLCE pede a Governo que distribua atempadamente manuais a estudantes

by -125 views

Díli­- A Organização Não Governamental de Coligação para a Educação de Timor-Leste (TLCE, em inglês), pediu ao Governo que procedesse atempadamente à distribuição de manuais pelos alunos sem acesso ao programa “Eskola ba Uma” (Escola em Casa).

“Não podemos obrigar as famílias a comprarem um telemóvel. Cabe ao Ministério da Educação nos municípios garantir a distribuição dos livros pelos estudantes. Não podem manter os livros nas bibliotecas. Nesta altura crítica, devem ser usados por todos os alunos que não podem aceder ao programa “Eskola ba Uma”, defendeu o Presidente da TLCE, Augusto Pires, esta sexta-feira (01/05), ao Timor Post.

Segundo o dirigente, caso o Governo não avance com a entrega dos manuais aos alunos afetados, estes serão prejudicados, quando efetuarem as provas de cada disciplina.

“Infelizmente, muitos dos encarregados de educação não dispõem de meios para poder comprar um telemóvel. É, por isso, necessário fazer chegar aos alunos os livros”, afirmou.

“Apenas 30% dos estudantes têm acesso ao programa. Os restantes não conseguem aceder, seja por falhas de energia elétrica seja por não possuírem meios para adquirirem uma televisão ou um telemóvel”, lamentou. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.