Timor-Leste coopera com Portugal na formação de profissionais do INSS

by -60 views

DÍLI– A Ministra da Solidariedade Social e Inclusão, Armanda Berta, destacou, na segunda-feira (17/02), a importância do apoio de Portugal na formação profissional dos funcionários do Instituto Nacional da Segurança Social (INSS) do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão.

“É precisa esta cooperação com Portugal para apoiar os técnicos na formação, sobretudo na área da segurança social, para que possam adquirir conhecimentos para a melhoria do atendimento ao público”, afirmou a ministra, após a abertura do Simpósio Nacional “Próximos passos para o futuro da Segurança Social em Timor-Leste”, no Hotel Timor.

A governante defendeu ainda que é necessário trabalhar em parceria com o Governo de Portugal na questão da Segurança Social para que se possa igualmente adquirir referências e conhecimento para uma boa gestão do orçamento.

O Diretor-Geral do Gabinete da Estratégia e Planeamento do Ministério da Solidariedade e Segurança Social de Portugal, José Luís Albuquerque, reafirmou também a importância do apoio técnico aos timorenses.

“O apoio não é só para, em conjunto, se designarem os problemas formativos mas também, em termos técnicos, se possa ajudar para ver como é que o centro de formação profissional funciona, como é que o centro de emprego funciona e quais as políticas de gestão da realidade timorense”, referiu.

Também o Responsável da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Díli, André Gama, referiu a relevância da cooperação do Governo timorense e português.

“Hoje, apresentei o Projeto Action, que é um projeto de cooperação entre Portugal e a Organização do Trabalho em Timor-Leste. É também a abertura de uma semana em que vai decorrer a formação na área financeira com o Instituto Nacional de Segurança Social. Isto é uma das partes importantes do Projeto Action. É providenciar ajuda em termos de recursos humanos para o desenvolvimento social em Timor-Leste”, referiu.

“Concentramo-nos na gestão financeira e na Segurança Social, na gestão do fundo de segurança social, nas diferentes modalidades que existem para gerir a Segurança Social, seja a parte contributiva gerida pela INSS ou a capacitação dos quadros do instituto para que tenha eficiência e eficácia”, revelou.

A Conselheira Política e Encarregada da Secção Consultar da Embaixada de Portugal, em Díli, Joana Fialho Pinheiro, mostrou igualmente satisfação com a implementação da cooperação entre os dois países.

“Portugal, através do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, tem implementado a sua política de cooperação com Timor-Leste no setor da Proteção e Segurança Social, que se traduz num investimento contínuo e consistente iniciado em 2003, ano da assinatura do primeiro protocolo de cooperação bilateral entre os ministérios da área do trabalho e assuntos sociais de Portugal e de Timor-Leste”, acrescentou.

A representante lembrou ainda que, nos últimos 17 anos, o Governo português tem apoiado diversas áreas essenciais, como projetos integrados de luta contra a pobreza, de capacitação institucional nas áreas da Proteção e Segurança Social e no trabalho e emprego.

Teresa Fernandes e Elisa Pedrosa do Instituto Nacional da Segurança Social de Portugal darão a formação técnica aos quadros do INSS timorense, que vai decorrer durante uma semana, entre os dias 17 e 21 de fevereiro.  (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.