Timor-Leste com quebra na produção de arroz

by -97 views

Bobonaro- O Diretor dos Serviços da Agricultura do Município de Bobonaro, Adérito dos Santos, revelou, na passada sexta-feira (20/03), que se regista atualmente uma grande quebra na produção de arroz no país.

“Há uma quebra na produção de arroz. Cerca de 70% é importado. Cobrimos apenas 30%”, disse o diretor, durante a sua intervenção numa formação destinada a técnicos agrícolas timorenses, promovida por uma equipa da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA, em inglês), e realizada no suco de Odamau, em Maliana.

Segundo o diretor, o trabalho agrícola constitui uma atividade de extrema importância a nível mundial.

“Outros países dão prioridade a esta profissão [de agricultor]. A Austrália, por exemplo, é um país onde há muita produção agrícola e, graças a esta vertente, muitos jovens timorenses trabalham neste país”, relembrou.

O responsável recordou igualmente que o solo de Bobonaro é fértil para a produção de arroz, pelo que o Ministério da Agricultura e Pescas obteve o apoio do Governo japonês para o cultivo deste produto.

Adérito dos Santos pediu ainda na ocasião aos formandos que aproveitassem esta oportunidade para aprofundarem os seus conhecimentos na área agrícola, contribuindo, assim, para a produção rizícola em Timor-Leste.

Já o Chefe do Gabinete do Presidente da Autoridade do Município de Bobonaro, Cândido Damião, disse que, apesar das alterações climáticas, os agricultores se mostram empenhados no seu trabalho.

“Enquanto representante da autoridade, aprecio muito a vossa vontade e convicção no trabalho, embora o clima seja incerto”, defendeu.

Cândido Damião apelou ainda aos agricultores que mantivessem o seu desempenho, apesar das mudanças climáticas.

“Não tivemos oportunidade neste ano, mas esperamos que, no próximo, a situação [climática] possa melhorar”, referiu.

O chefe mostrou-se ainda empenhado em cooperar com os agricultores de Bobonaro para o reforço na produção de arroz deste município, uma vez que a vertente agrícola “representa a vida, a força e a esperança do povo deste país”. (mj3)

No More Posts Available.

No more pages to load.