Timor-Leste aguarda vinda de medicamentos essenciais retidos em Darwin

by -54 views

DÍLI- O Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES) aguarda a vinda de fármacos retidos em Darwin, na Austrália.

A Diretora-Executiva do SAMES, Santana Martins, lembrou o acordo do SAMES com várias empresas internacionais e locais, após a abertura de um concurso público para aquisição de medicamentos. No entanto, as empresas em causa estão impedidas de efetuar o transporte dos fármacos para Timor-Leste devido ao facto de as fronteiras terrestres e aéreas estarem encerradas. O mesmo se sucede com os barcos, que não têm realizado quaisquer operações.

“Neste momento, vários materiais, entre os quais fármacos, mantêm-se retidos em Darwin, uma vez que os aviões não podem realizar voos”, disse Santana Martins ao Timor Post, sexta-feira (14/08), no SAMES.

Segundo a diretora-executiva, os equipamentos e materiais tinham sido já adquiridos pelo SAMES, tais como equipamentos laboratoriais e diversos fármacos.

“Espero que o avião possa rumar até Díli, apesar de ouvirmos que nesta quarta-feira poderão somente chegar medicamentos como o Warfarin, essencial para doentes com problemas cardiovasculares”, referiu.

A diretora afirmou ainda que há outros países, como a China, que contactaram as autoridades timorenses a anunciar que possuem medicamentos, mas que precisam de algum tempo para o seu transporte.

A dirigente deu como exemplo o facto de a China ter recentemente transportado de barco diversos equipamentos para Timor-Leste, tendo a viagem durado quatro meses.

“Antes do surgimento da covid-19, o navio efetuava uma rota mais direta, passando apenas por Singapura. Agora não a pode fazer. Tem de passar por Jakarta e Surabaya até chegar a Timor-Leste. Isto representa para nós uma dificuldade”, concluiu. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.