Taur alerta para necessidade de funcionários públicos se vacinarem

by -40 views
Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak

DÍLI (Timor Post) – O Primeiro-Ministro (PM), Taur Matan Ruak, alertou para a necessidade de todos os funcionários públicos serem inoculados a fim de evitar despedimentos.

“O Governo exige aos funcionários públicos e universitários que recebam a vacina contra a covid-19. Caso contrário, serão despedidos”, disse Taur Matan Ruak aos jornalistas, esta quarta-feira (11/08), após a cerimónia da entrega dos lotes da vacina da AstraZeneca, em Campo Alor.

O governante referiu ainda que Timor-Leste adotará as medidas preventivas da covid-19 estabelecidas nos continentes americano e europeu, pelo que os funcionários públicos são forçados a apresentar o certificado de vacinação para entrarem no local de trabalho.

“Temos de adotar o sistema de prevenção dos países europeus e americanos, porque os cidadãos gostam de exigir e acusar o Governo sem pensar na saúde pública. A saúde está nas mãos de cada um. Quem não recebe a vacina não pode ir trabalhar”, advertiu.

Para Taur, as pessoas vacinadas são “aquelas que sabem valorizar melhor a vida, não acreditam na propaganda nem nas falsas campanhas publicadas no Facebook”.

O Primeiro-Ministro revelou ainda que o Executivo criará uma brochura que permite orientar o comportamento dos cidadãos relativo à saúde pública.

O Chefe do Governo felicitou, contudo, os profissionais de saúde por terem dado, desde o início do ano passado, assistência aos timorenses em situação difícil. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.