Sobrelotação das urgências no HNGV – doentes sem cama

by -117 views
Ambiente em HNGV

DÍLI (Timor Post) – O Chefe de Departamento de Emergência do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV), Vidal de Jesus Lopes, informou que a sobrelotação da sala de emergência do centro hospitalar obriga muitos doentes a ficarem de pé.

“Começamos a reduzir o número de infetados por covid-19. Apesar disso, são vários os doentes obrigados a ficar de pé por falta de camas. O nosso serviço está sobrelotado”, disse Vidal Lopes aos jornalistas, na passada sexta-feira (05/11), no Posto Administrativo de Maubara do Município de Liquiçá.

Segundo o responsável, alguns pacientes são obrigados a aguardar de pé na sala de emergência até que sejam internados.

Face ao sucedido, o dirigente recomendou às partes relevantes que seja encontrada uma solução rápida e eficiente para que todos os doentes tenham acesso a tratamento condigno.

Também o Diretor-Executivo do HNGV, Alito Soares, reconheceu a sobrelotação na sala de emergência, com doentes aglomerados no corredor sem direito a camas.

“Durante o período crítico da covid-19, registámos um número reduzido de doentes na sala de emergência. No entanto, neste momento, a situação é inversa, pois temos assistido à subida gradual de doentes na sala”, informou. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.