Só 25% de bolseiros timorenses concluíram formação de horticultura em Israel

by -32 views

Díli – A Diretora-Geral do Ministério da Agricultura e Pescas, Maria Odete do Céu Guterres, disse na quarta-feira (12/02) que, dos 160 bolseiros timorenses que frequentaram diversas formações na área da agricultura moderna, que decorreram no Arava International Centre for Agricultural Training (AICAT), em Israel, apenas 25% obtiveram aprovação.

Maria Guterres mostrou-se esperançosa de que os restantes bolseiros possam também vir a ser aprovados.

A responsável lembrou ainda que o MAP tem mantido laços de cooperação com o Governo de Israel com vista a reforçar a capacitação dos jovens timorenses no desenvolvimento e na promoção do trabalho agrícola.

Maria Guterres recordou, de igual modo, que o Governo timorense tinha enviado, em início de 2018, numa primeira fase, 35 jovens timorenses, e posteriormente mais 50 alunos para efetuarem um estágio e adquirirem conhecimentos em setores como a horticultura.

Recorde-se também que, no último mês de 2019, o Executivo enviou mais 75 timorenses para participarem numa formação sobre agricultura moderna, com a duração de um ano.

Segundo a responsável, já foram enviados, no total, 160 bolseiros.

“Foram para lá como estagiários para trabalharem juntamente com os agricultores israelitas, durante um ano. Ao longo deste período, puderam frequentar cursos que incidiram sobre temas como planos de negócio e pecuária”, lembrou.

De acordo com a responsável, caso os 25% dos formandos necessitem de apoio financeiro para criarem o seu próprio negócio, o MAP estará disponível para os apoiar pelo facto de terem demonstrado uma postura empreendedora. (jxy)