SERVE arrecada perto de 100 mil dólares americanos entre janeiro e fevereiro de 2021

by -278 views

DÍLI- O Serviço de Registo e Verificação Empresarial (SERVE) arrecadou, entre janeiro e fevereiro deste ano, aproximadamente 100 mil dólares americanos para os cofres do Estado, adiantou o diretor da instituição, Florêncio Sanches.

“No período entre janeiro e fevereiro deste ano, arrecadámos poucas receitas, depois de reduzirmos o custo dos pedidos de licença. Estamos impedidos de efetuar o nosso trabalho por causa da crise sanitária. Por isso, arrecadámos cerca de 100 mil dólares”, afirmou o dirigente, à jornalista do Timor Post, esta terça-feira (06/04), via telefone.

O responsável referiu ainda que o SERVE está, neste momento, a proceder à recolha de todos os dados para ser apresentado o respetivo relatório referente ao mês de março.

Florêncio Sanches destacou, por outro lado, a necessidade da redução do custo do pedido de licença para que os empresários de pequenas e microempresas não fiquem desmotivados.

 “De acordo com a política de apoio empresarial, existe a intenção de baixar o custo dos pedidos de licença. Como é sabido, para a aquisição de uma licença é necessário que o empresário pague 105 dólares americanos. O SERVE pediu, no entanto, que fosse reduzido para 45 dólares. O SERVE quer, por isso, propor em Conselho de Ministros uma redução de cerca de 50%”, afirmou.

Segundo o dirigente, a esmagadora maioria dos empresários alistados no SERVE são pequenos empresários.

“Temos de apoiar os pequenos empresários para que possam obter lucros de modo a darem o seu contributo para o desenvolvimento da economia do país, que ficou devastada com as sucessivas crises políticas e sanitária. Esta é a política do SERVE”, sublinhou. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.