SEFOPE e Coreia do Sul mantêm negociações sobre deslocação de trabalhadores timorenses

by -51 views

DÍLI – O Secretário de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE), Alarico do Rosário, disse que a deslocação de trabalhadores timorenses à Coreia do Sul não pode ser ainda efetuada por divergências manifestadas tanto pelo Governo timorense como pelo seu homólogo sul-coreano.

Sublinhou, por isso, a necessidade de ser levado a cabo outro diálogo para que os dois países possam chegar a um consenso sobre a questão relacionada com o transporte destes trabalhadores. Como tal, será enviada para a Embaixada da Coreia do Sul em Timor-Leste uma carta para resolver o assunto.

Alarico do Rosário falava aos jornalistas, esta quinta-feira (04/03), após o encontro com o Embaixador da Coreia do Sul, no edifício da SEFOPE, em Caicoli.

O governante explicou ainda que os dois executivos “têm ideias distintas relativamente ao tipo de voo que transportará estes timorenses. Enquanto Timor-Leste quer voos fretados, a Coreia do Sul pretende voos regulares”.

“Estamos a discutir como é que podemos enviar estes empregados para a Coreia do Sul. Os dois governos têm ideias contraditórias relativas ao transporte dos nossos trabalhadores. A Coreia do Sul quer que os voos regulares transportem estes timorenses, enquanto o nosso Governo quer voos fretados, pois os comercias têm, desde o ano passado, estado suspensos devido à crise sanitária provocada pela covid-19”, explicou.

Já o Embaixador sul-coreano em Timor-Leste, Kim Jheong, disse estar pronto para trabalhar com o Governo timorense de modo a porem fim a este constrangimento.

“Aguardamos a carta do SEFOPE. Assim que a recebamos, enviaremos logo para o nosso Governo de modo a que possamos em breve obter uma solução mais ajustada e permitir, assim aos timorenses rumarem até à Coreia do Sul”, concluiu. (jmy)

No More Posts Available.

No more pages to load.