SEAC reduzirá mais de um milhão de dólares no OGE 2020

by -75 views

Díli – A Secretaria de Estado da Arte e Cultura (SEAC) pretende efetuar uma redução do seu Orçamento Geral de Estado (OGE) de 2020 de quatro milhões para cerca de três milhões de dólares, sobretudo nas transferências públicas e nas viagens, tanto para o estrangeiro como nacionais.

O Secretário de Estado da Arte e Cultura, Teófilo Caldas, garantiu que a SEAC cooperará com o Primeiro-Ministro na redução do OGE para 2020.

“Todos os membros do Governo devem contribuir para a redução do seu OGE de 2020. Por isso, iremos reduzir o nosso orçamento de mais de quatro milhões para cerca de três milhões de dólares”, disse Teófilo Caldas, em declarações aos jornalistas, à margem de uma reunião com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, na quarta-feira (04/12), no Palácio do Governo.

Segundo o governante, esta redução acontece devido ao Parlamento Nacional considerar o orçamento avultado.

O secretário de Estado referiu também que o Governo traçou um conjunto de atividades para dar competências à SEAC de modo a promover e investir no património cultural de Timor, como a casa sagrada.

Teófilo Caldas salientou, contudo, que a redução do OGE de 2020 colocará em causa os programas prioritários da instituição.

“Só alguns programas é que irão ser implementados devido à redução do orçamento, mas garanto que, em 2021, todos os planos serão realizados”, assegurou.

O secretário acrescentou que as prioridades da SEAC são a promoção de atividades culturais, a criação de uma academia da arte e cultura, biblioteca e museu nacional. (oro)

No More Posts Available.

No more pages to load.