SAMES arrenda dois novos armazéns para medicamentos

by -67 views

DÍLI – O Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES) teve de arrendar dois armazéns, em Bebonuk e Fatuhada, por falta de espaço para armazenamento de medicamentos.

“O armazém de Bebonuk tem um custo mensal de 6.500 dólares americanos. Quanto ao de Fatuhada, de 3 mil dólares. No total, pagamos mensalmente 9.500 dólares”, disse o Diretor-Executivo do SAMES, Santana Martins, ao Timor Post, esta quinta-feira (10/12), em Kampung Alor, referindo que as despesas de arrendamento provêm do Fundo Covid-19.

“Fomos obrigados a mudar, porque o antigo armazém no Hospital António de Carvalho, em Lahane, se transformou em local de isolamento para os doentes de covid-19. Tivemos, então, de mudar para um novo espaço”, acrescentou.

Santana Martins adiantou também que o armazém do SAMES em Kampung Alor tem atualmente guardado apoio dos doadores. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.