Resultados dos exames nacionais anunciados a 18 de dezembro

by -92 views

Díli- Os resultados dos exames nacionais deverão, de acordo com o calendário do Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), ser anunciados a 18 de dezembro.

“O Ministro da Educação, Juventude e Desporto anunciará os resultados dos exames nacionais a 18 de dezembro”, afirmou o Coordenador da Unidade do Currículo Nacional do MEJD, Pedro Ribeiro Gonçalves, na quinta-feira (26/11), em conferência de imprensa, em Vila Verde.

Pedro Gonçalves recordou que a correção das provas teve início a 24 de novembro e terminará a 13 de dezembro.

O dirigente explicou também que a equipa de correção dos exames é constituída por elementos da Unidade do Currículo Nacional, representantes do gabinete do ministro e vice-ministro e da Inspeção-Geral do MEJD para que seja garantida a transparência, confidencialidade e sigilo de todo o processo.

“A Unidade do Currículo Nacional declara que todo o sistema está a decorrer e os estudantes finalistas terão acesso aos resultados na data prevista”, disse.

O coordenador pediu também confiança no MEJD e em todas as informações veiculadas por este ministério.

Recorde-se que se previa que 55.072 estudantes realizassem os exames nacionais – 30.359 do ensino básico, 20.145 do ensino secundário geral e 4.568 do técnico-vocacional.

Já o Segundo-Comandante da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) do Município de Díli, o Superintendente Euclides Belo, alertou, na semana passada, que a polícia não autorizaria a realização de desfiles por parte dos estudantes finalistas na capital após o anúncio dos resultados finais dos exames nacionais.

Euclides Belo referiu que a PNTL deu orientações aos agentes para que controlem os finalistas durante o anúncio das classificações e, assim, sejam prevenidos acidentes rodoviários.

“O Comando do Município de Díli já orientou os seus elementos para prevenirem acidentes de tráfego, à semelhança do fizemos de há dois anos para cá, aquando do término dos exames nacionais. Proibimos que utilizassem uniformes e desfilassem nas ruas da capital”, afirmou Euclides, na semana passada, aos jornalistas, no seu local de trabalho, no Comando Municipal de Díli, em Caicoli.

O comandante lembrou ainda que a decisão de proibir os desfiles recebe o apoio dos encarregados de educação. (ono/flo)

No More Posts Available.

No more pages to load.