Quatro centros de saúde em Aileu com falta de profissionais 

by -117 views
Foto Especial

Aileu (Timor Post)– Os centros de saúde de Aileu Vila, Remexio, Laulara e Liquidoe enfrentam a falta de pessoal de saúde para assegurar o tratamento médico a todos os doentes, disse o diretor do Serviço de Saúde do Município de Aileu, Júlio dos Santos.

O responsável pediu, por isso, ao Ministério da Saúde que fosse efetuado o recrutamento de novos profissionais de saúde para reforçarem as equipas médicas no Município de Aileu de modo a responderem aos problemas de saúde da população.

“Existe, neste momento, em Aileu, quatro centros e 12 postos de saúde. Contudo, o serviço de saúde municipal debate-se com a carência de profissionais de saúde para prestarem cuidados médicos nestas unidades”, disse Júlio dos Santos ao Timor Post, na passada quarta-feira (22/09), após a inauguração do centro de isolamento e minilaboratório, em Aileu Vila.

Segundo o diretor, o Município de Aileu dispõe, neste momento, de 217 profissionais de saúde, 180 dos quais são funcionários permanentes, 35 funcionários de regime geral da função pública e dois contratados.

Júlio dos Santos acrescentou que o serviço de saúde municipal apresenta lacunas ao nível das infraestruturas.

O dirigente salientou ainda que o Serviço de Saúde de Aileu está agora a elaborar um mapeamento municipal na área da saúde para avançar com a construção de centros de saúde em sucos e aldeias.

A Ministra da Saúde, Odete Maria Freitas Belo, reconheceu, por sua vez, que a falta de recursos humanos e os problemas das infraestruturas contribuíram para a debilidade do sistema da saúde timorense.

“De 2020 a agosto de 2021 contratámos 36 médicos. Porém, passados algum tempo, a maioria acabaria por ser recrutada por agências internacionais, circunstância que deixou centros de saúde sem nenhum médico”, afirmou. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.