População de Numbei sem água canalizada há anos

by -46 views

RAEOA – A população de Numbei, do suco de Costan, no Posto Administrativo de Pante Makassar da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA) mostra-se entristecida com o facto de não ter, já há vários anos, acesso a água canalizada.

Matias Colo, residente de Numbei, disse que, apesar de o Serviço de Água e Saneamento de Oé-Cusse ter já efetuado a canalização, ainda não é fornecida água aos habitantes.

“Há muitos anos que não temos acesso a água canalizada. Usamos, por isso, a água do poço para cozinhar, beber e tomar banho. Esta é de outra pessoa. Sempre que a vamos buscar, o proprietário fica furioso”, afirmou ao Timor Post, na sexta-feira (24/07), em Oé-Cusse.

Segundo o habitante, embora a canalização já tivesse sido feita no mandato do antigo Presidente da Autoridade da RAEOA, continua a faltar água.

Matias Colo pediu, como tal, ao atual Presidente da Autoridade da RAEOA que desse prioridade à comunidade de Numbei, respondendo, assim, a necessidades essenciais, visto que os habitantes estão a consumir água salgada.

“A água do poço é salgada. Devemos, por isso, fervê-la antes de ser consumida”, explicou.

Também Quintiliano Sufa, estudante da Escola Secundária de Palaban, se queixou da falta de água canalizada.

“Temos de todos os dias buscar água a casa do vizinho para que possamos ir à escola”, lamentou.

De acordo com o aluno, as pessoas passam mal quando chega a época seca, visto que fazem vários quilómetros para buscar água.

“Não sabemos ainda o porquê de continuarmos a não ter água, ainda que as canalizações já tenham sido feitas. Caminhamos muito longe para termos acesso a ela”, referiu. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.