PNTL empenhada na recolha de caçadeiras

by -19 views
Foto Especial

Díli (Timor Post) – A Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) está a envidar esforços para garantir o controlo e proceder à recolha de armas de caça, disse o Comandante-Geral da instituição, o Comissário Faustino da Costa.

“Demos já instruções  aos comandantes municipais para que seja aplicado o regime jurídico relativo ao uso de arma branca, uma vez que continuam a ser usadas em todo o território”, afirmou Faustino da Costa aos jornalistas, na passada sexta-feira (07/01), no Quartel-Geral da PNTL, em Caicoli.

O Comandante-Geral lembrou ainda os dois incidentes ocorridos nos municípios de Bobonaro e Lautém que resultaram na detenção de vários suspeitos e na apreensão de diversas armas brancas.

“Foram apreendidas diversas armas brancas nos municípios de Lautém e Bobonaro”, sublinhou.

Recorde-se que quatro jovens da aldeia de Hekar do Suco de Dato, em Liquiçá, ficaram feridos após terem sido atingidos por vários tiros de caçadeira na aldeia de Kabu-Lima. A autoria dos disparos recai sobre um grupo de jovens residentes nesta pequena povoação.

O caso remonta a 01 de janeiro por volta das 09h00, quando um grupo de jovens sob o efeito de álcool residente na aldeia de Kabu-Lima terá agredido dois jovens de outra aldeia.

Na sequência do incidente, os familiares dos agredidos deslocaram-se de imediato ao local para pedirem esclarecimento. Nesse mesmo instante, os jovens de Kabu-Lima dispararam, alegadamente, com recurso a uma arma de caça, acabando por ferir quatro pessoas.

As vítimas dos disparos são todos homens, tendo sido registados vários ferimentos em diferentes zonas do corpo, nomeadamente no abdómem, costas, pernas e crânio.

Segundo a Comandante do Município de Liquiçá da PNTL, a Superintendente Umbelina dos Santos Soares, dois dos suspeitos do crime foram, entretanto, detidos.

“Detivemos já dois suspeitos e encontram-se a aguardar o primeiro interrogatório numa das celas de detenção do comando do Município de Liquiçá. Enquanto isso, vamos continuar a fazer diligências no sentido de encontrar o principal autor do crime”, referiu.

A dirigente acrescentou que duas das quatro vítimas foram, imediatamente, transportadas para o Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) devido aos ferimentos graves. Já os restantes estão a receber tratamento médico no Centro de Saúde de Liquiçá.

“Transportámos duas vítimas com ferimentos no estômago e na cabeça para o HNGV, enquanto as restantes estão a receber cuidados médicos em Liquiçá”, concluiu. (mj1/jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.