PNTL deve ser pró-ativo na identificação do autor do crime de infanticídio

by -211 views
Padre Júlio Crispim. Foto TT

DÍLI (Timor Post) – O jurista Padre Júlio Crispim disse que a Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) deve assumir uma atitude mais pró-ativa na identificação do autor do crime de infanticídio ocorrido na passada quinta-feira (16/09), em Delta 1, Díli.

“Depois de registada a queixa, a polícia deverá encetar de imediato diligências para identificar o autor do crime. A sua detenção dependerá da rapidez ou lentidão das buscas efetuadas pela polícia”, disse Júlio Crispim ao Timor Post, no passado domingo (19/09), via telefone.

O jurisperito afirmou ainda que a polícia precisa de proceder a uma análise profunda sobre as razões que levaram o indivíduo a cometer o crime.

“A pessoa que acaba por cometer o crime de infanticídio tem as suas próprias motivações”, explicou.

Recorde-se que o Segundo Comandante da PNTL do Município de Díli, o superintendente João Pires, tinha antes informado de que um indivíduo tinha deitado um bebé recém-nascido no lixo, em Delta 1.

O responsável destacou que a polícia procedeu já à recolha de amostras s no local do crime, lembrando que o Serviço de Investigação e Forense da PNTL transportou o corpo para ser sujeito a autópsia no Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV).

O dirigente adiantou ainda que o comando da PNTL orientou já o Serviço de Informação e Oficial da Polícia do Suco (OPS) para ir ao encalce do suspeito, baseando-se na fotografia do suspeito na Câmara de Videovigilância (CCTV, em inglês) da polícia.

“Demos já instruções ao Serviço de Informação para procurar e identificar o suspeito nos centros de saúde na capital”, salientou.

O comandante acrescentou que o suspeito terá deitado o corpo do bebé recém-nascido no lixo por volta das 05h00, o qual foi encontrado mais tarde pelo pessoal de saneamento enquanto era feita a recolha do lixo. (ven)

No More Posts Available.

No more pages to load.