PNTL detém durante estado de emergência indivíduos por suspeitas de furto

by -80 views

DÍLI- A Polícia Nacional de Timor-Leste (PNT) deteve, nos primeiros dias do estado de emergência, vários indivíduos suspeitos dos crimes de furto e de posse de armas brancas, de condução em excesso de velocidade e sob efeito do álcool.

“Ontem à noite [segunda-feira], registámos dois casos, que estão em investigação. Algumas pessoas aproveitaram a oportunidade para furtar, pois a população está traumatizada com o coronavírus e muitos foram para os municípios. Detivemos também mais dois indivíduos em flagrante a roubar e outros na posse de armas brancas, a conduzir em excesso de velocidade e sob o efeito de álcool, na área de Colmera”, afirmou o Comandante do Município de Díli, Superintendente Chefe Armando Monteiro.

Armando Monteiro relembrou também a necessidade de a população cumprir as medidas do decreto-lei do Governo relativo ao estado de emergência.

“Desde sexta-feira que já falámos sobre as atividades económicas, que podem funcionar dentro da normalidade. Cada loja deve preparar as condições, de acordo com protocolo da Organização Mundial da Saúde e decreto do Governo n.º 003/2020”, disse.

O comandante lembrou que os supermercados devem preparar desinfetantes de mãos e água para que os consumidores possam lavar as suas mãos antes das compras.

“Os trabalhadores e os clientes dos supermercados devem usar máscaras para proteger a saúde”, acrescentou.

O comandante afirmou ainda que a PNTL continua a consciencializar os cidadãos sobre este decreto para contribuir para o combate ao coronavírus no país.

Questionado sobre o não cumprimento da PNTL das medidas impostas pelo decreto-lei, que não preveem o encerramento de estabelecimentos comerciais, Armando Monteiro não respondeu diretamente à questão.

“Ontem, acompanhei também atividades de consciencialização. Se as lojas não forem essenciais, é melhor fecharem, o que pode ajudar na segurança e o Estado na prevenção do COVID-19”, acrescentou.

Recorde-se que o decreto-lei aprovado, no passado sábado (28/03, em Conselho de Ministros, com as medidas adotadas durante o estado de emergência não prevê o encerramento de estabelecimentos comerciais. Apesar disso, a PNTL obrigou na segunda-feira (30/03) algumas lojas a fecharem. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.