PM dá orientações para formação de funcionários públicos

by -43 views

DÍLI- O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, deu orientações para a preparação de uma formação integrada dirigida a funcionários públicos, revelou o Presidente da Comissão da Função Pública, Faustino Cardoso.

“Hoje, eu, o Diretor-Geral do Instituto Nacional de Administração Pública (INAP) e o Diretor do Instituto de Defesa Nacional de Timor-Leste (IDN-TL) encontrámo-nos com o Primeiro-Ministro para discutir, explorar ideais e desenhar algumas estratégias de modo a realizarmos um programa de formação integrada para funcionários públicos e outras entidades relevantes”, afirmou esta passada sexta-feira (05/06), no Palácio do Governo.

Para o comissário, a formação de funcionários públicos é importante para a aquisição de conhecimento em áreas essenciais, mas também para aprofundar a consciência cívica e o sentido de Estado na administração pública.

“A formação pretende melhorar a qualidade de desempenho e de trabalho dos funcionários”, acrescentou.

O responsável recordou também que, de acordo com a lei da CFP, cada funcionário público tem o direito, uma vez por ano, a 40 horas de formação.

Segundo o comissário, a formação deve também adaptar-se às necessidades da administração pública.

“De acordo com a avaliação de desempenho, um funcionário com lacunas em áreas como a liderança, o trabalho em equipa, disciplina e responsabilidade deverá receber formação nestes domínios”, sustentou.

Segundo o presidente, a CFP registava, no final do ano passado, 33.031 funcionários públicos, sendo que 6 mil eram casuais. (isa)