Parlamento questiona recrutamento de novos cadetes das F-FDTL do regime especial

by -235 views
Noé da Silva ‘Buka Tuir’

DÍLI (Timor Post) – Os deputados lamentam o facto de um grande número de filhos de veteranos não terem sido selecionados, ainda que exista o regime especial destinado ao recrutamento de novos cadetes das FALINTIL-Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL).

“Estou desapontado com o processo de recrutamento do regime especial de novos elementos das F-FDTL”, disse Noé da Silva ‘Buka Tuir’ ao Timor Post, esta segunda-feira (20/09), durante a sessão plenária.

O parlamentar adiantou ainda que os filhos dos veteranos e mártires chegaram a apresentar um documento que comprova a sua” dedicação exclusiva durante o tempo da ocupação, no período entre os 20 e os 24 anos. Alega, desta forma, que “os júris desconhecem os nomes de todos os veteranos timorenses”.

“Temos de avançar com uma investigação aos membros das F-FDTL por ignorarem o veterano David Alex ‘Daitula’. Talvez esses sejam aqueles que na altura não queriam a independência. Apesar de concordar com o recrutamento, questiono o facto de os filhos dos veteranos não terem sido chamados”, questionou.

O deputado Arão Noé de Jesus Amaral corrobora com a mesma ideia, questionando a capacidade de gestão da instituição de defesa. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.