Parlamento pede a Governo medidas para controlar jogos ilegais

by -74 views

Díli- O Presidente da Comissão A, que trata dos Assuntos Constitucionais e da Justiça do Parlamento Nacional (PN), Joaquim dos Santos, pede ao Governo que tome medidas no sentido de controlar os jogos ilícitos, como casinos e casas de lotaria, que proliferam por toda a cidade de Díli.

O deputado da bancada da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) falava,  esta sexta-feira (15/01), aos jornalistas, no Parlamento Nacional, Díli.

Segundo o representante do povo, o objetivo do atual Governo é proporcionar o bem-estar a toda a população, pelo que  deverá tomar medidas concretas que visam penalizar aqueles que violam as regras, nomeadamente a quem recorre a apostas de jogos ilícitos.

“O Governo deve envidar todos os esforços para extinguir atividades ilícitas, nomeadamente no que se refere às apostas de jogos ilegais. Em caso extremo, deverá proceder ao encerramento dessas casas para não causarem impactos negativos à ética e moral da nossa comunidade. Se dermos abertura a este tipo de negócio, será necessário efetuar regularmente um controlo apertado”, afirmou Joaquim dos Santos.

Joaquim sugeriu, por isso, aos empresários de jogos que cumprissem as normas que vigoram de modo a evitar situações de conflito.

“O Executivo deve rever as regras de controlo para que estes jogos não prejudiquem a economia do país. Não podemos deixar que os proprietários dos jogos manobrem as receitas do Estado e acabem por enriquecer à custa do Estado e do povo. No caso de cometerem infrações, o melhor seria encerrar as casas de jogos ou aplicar-lhes penas pesadas”, sugeriu.

“O Governo não deve, pois, ignorar esta situação que acaba por influenciar a vida da comunidade. Caso haja agentes do Estado que não apliquem as leis com seriedade, estes deverão demitir-se ou serem substituídos por outras pessoas, pois não faltam em Timor pessoas inteligentes e sérias”, exigiu.

O deputado fez ainda um apelo ao Governo que fossem criadas regras com vista a proibir a entrada de menores em casas de apostas”. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.