OMS pede a HNGV que se desfaça das vacinas estragadas

by -13 views
Arvind Mathur

DÍLI (Timor Post) – A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu ao Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) que destruísse os 60 frascos das vacinas que foram estragados.

O representante da OMS em Timor-Leste, Arvind Mathur, informou que teve conhecimento em junho de que 60 frascos estiveram congelados durante quatro dias.

“A vacina da AstraZeneca tem de ser armazenada a uma temperatura de -3ºC, mas o que aconteceu foi que os 60 frascos foram conservados  a uma temperatura entre -4ºC a -10ºC, pelo que perderam a eficácia”, explicou ArvindMathur ao Timor Post esta terça-feira (17/08).

Receberam estas vacinas estragadas 684 pessoas.

ArvindMathur explicou que este incidente não acontece só em Timor-Leste, mas também noutros países. No entanto, a intervenção imediata é importante, pelo que o HNGV deveria, na altura,ter informado de imediato o Grupo Consultivo de Imunização (NIT-AG-TL).

A Organização Mundial da Saúde recomenda também ao Hospital Nacional que procure as 684 pessoas que tomaram as vacinas estragadas para que possam ser novamente inoculadas. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.