Número de crimes dispara nesta terceira fase do estado de emergência

by -32 views

Díli- O Município de Díli da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) deteve, só nestes primeiros dias de junho, cinco pessoas, um número já superior às fases anteriores do estado de emergência, em que se registou apenas um crime.

De acordo com o Comandante do Município Díli, o Superintendente Chefe Armando Monteiro, estas cinco detenções deveram-se a confrontos, que ocorreram este domingo (07/06) em Metiaut, e a um crime de natureza sexual, com ocorrência na sexta-feira (05/06), em Comoro, Díli.

“O caso de natureza sexual envolve dois menores de 14 anos e 16 anos. O rapaz está em prisão preventiva”, revelou.

Em relação aos confrontos, o comandante explicou que estes tiveram como origem uma discussão sobre o pagamento do subsídio aos agregados familiares.

“A polícia atuou imediatamente e deteve os quatro suspeitos, que estão a aguardar o primeiro interrogatório”, afirmou.

Segundo Armando Monteiro, um dos suspeitos tem antecedentes criminais, estando envolvido em outros casos em 2015, 2017 e 2020.

Os quatro indivíduos são suspeitos dos crimes de ofensa à integridade física agravada e de posse de armas brancas, as espadas com que atingiram as vítimas. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.