Novo Sistema Nacional de Saúde vai melhorar qualidade de vida dos timorenses

by -154 views
Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak

Díli (Timor Post) – O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, garante que o Sistema Nacional de Saúde recém-promulgado melhorará a qualidade de vida da população timorense.

“No mundo, ainda não existe [um método de] tratamento eficaz para controlar a covid-19. Contudo, os resultados da campanha de vacinação contra o vírus no país indicam melhorias em termos de cuidados de saúde nacional. O reforço do Sistema Nacional de saúde poderá trazer impactos significativos para a qualidade de vida da população, além de beneficiar o setor económico e social”, assegurou o Chefe do Governo, durante a sua intervenção no âmbito do debate do Orçamento Geral do Estado para 2022, esta quarta-feira (01/12), no Parlamento Nacional.

O ex-Chefe de Estado recorda ainda a redução gradual do número de casos da covid-19 no país, depois de “uma situação mais alarmante” devido à nova variante Delta.

“Graças ao Plano de Vacinação Nacional e ao apoio do mecanismo COVAX, da Austrália, China, Estados Unidos da América, Japão, Nova Zelândia e Portugal, conseguimos iniciar, no dia 7 de abril de 2021, a nossa campanha. Como resultado, 77% da nossa população elegível está com vacinação completa. Estou convicto de que, em dezembro, iremos atingir os 80% dos timorenses imunizados contra esta doença”, afirmou.

Defende, por isso, a possibilidade de serem adotadas algumas medidas restritivas de prevenção da covid-19, sendo então criado e mantido um controlo sistemático para garantir a estabilidade sanitária nacional.

“Pedimos então um aumento do valor do Fundo Covid-19. Propomos 37,6 milhões, além do saldo de gerência de 40 milhões de dólares americanos para antecipar cenários que ameaçam a saúde pública”, referiu.

Segundo Taur Matan Ruak, o montante destinar-se-á também às obras de requalificação de todos os centros de quarentena.

“Vamos adquirir mais vacinas contra a covid-19, reforçando assim a capacidade de vigilância epidemiológica. Expandiremos as campanhas de sensibilização e capacitaremos igualmente os profissionais de saúde que lidam diretamente com os pacientes da covid-19”, concluiu. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.