MTCI dá prioridade a turismo doméstico durante crise sanitária

by -33 views

DÍLI – O Governo dá prioridade ao setor do turismo interno devido ao estado de emergência provocado pelo surto pandémico do novo coronavírus, disse na passada sexta-feira (11/09) o Ministro do Turismo, Comércio e Indústria, José da Silva.

Segundo o governante, pretende-se levar os próprios cidadãos timorenses a conhecerem melhor o seu país, visto que possui potencial turístico. Deu como exemplo as águas termais de Marobo, Com e outras atrações turísticas criadas pelos jovens, locais que possibilitarão um retorno económico.

“O Executivo dá prioridade à área do turismo doméstico durante a crise sanitária. Não quer dizer que não daremos particular atenção ao turismo de massas. Continuamos a dar-lhe a devida atenção. No entanto, daremos mais enfoque à vertente interna, incentivando, deste modo, a nossa comunidade a visitar todos os cantos do nosso país”, afirmou o ministro aos jornalistas, no Timor Plaza.

Em resposta à questão associada às áreas prioritárias do MTCI para 2021, José da Silva referiu que o ministério está ainda em fase de discussão, mas garante a requalificação das principais atrações turísticas, com destaque para o Cristo Rei e o Ramelau.

“O assunto está em discussão. Reconstruimos vários destinos turísticos, como o Cristo Rei e Ramelau. Quanto aos outros, irão ser discutidos com as autoridades locais. Vai haver também um concurso público destinado aos grupos que pretendam apresentar a sua proposta relativa ao turismo comunitário”, sublinhou.

O governante salientou igualmente que o ministério efetuará, em 2021, a requalificação de todas as pousadas localizadas em Timor-Leste, particularmente a de Manufahi e Hatubuilico.

Acrescentou que o MTCI possui também outro pacote prioritário destinado à requalificação dos locais históricos em Díli. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.