MTCI apostará este ano só no turismo interno

by -79 views

Díli – O Ministério do Turismo, Comércio e Indústria (MTCI) quer neste ano focar-se apenas na recuperação do turismo interno, convidando os timorenses a visitarem ou redescobrirem o país, revelou o Diretor-Geral do Turismo do MTCI, José Filipe Dias Quintas.

“A falta de viagens internacionais obrigou o ministério a dar prioridade somente à recuperação do turismo dentro de portas, com destaque para o destino turístico do Ramelau, em Ainaro. Foram já retomadas as atividades de visita a este local. No entanto, é necessário que sejam garantidas as condições das infraestruturas básicas”, avançou José Filipe Dias Quintas aos jornalistas, nesta quarta-feira (01/07), no Centro de Informação Turística, em Lecidere.

O dirigente afirmou ainda que o MTCI cooperará com a Direção-Geral de Água e Saneamento e outros ministérios relevantes para criarem todas as condições sanitárias neste local, mantendo-se, assim, o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19.

Segundo José Filipe, para que seja estimulada a recuperação do turismo interno, o MTCI desenvolverá várias campanhas relativas a esta área, encorajando os jovens e famílias a visitarem, nos fins de semanas, os destinos do país, como Maubisse e Liquiçá.

 “Para fazer face à situação atual da economia, pretendemos recuperar o setor turístico. Por isso, criámos já uma equipa para gerir o assunto”, sublinhou.

Filipe Dias lembrou igualmente que a vertente turística foi uma das áreas mais afetadas pela crise da covid-19.

“Ao falarmos em turismo, falamos sobre viagens. Sem a circulação de pessoas, o turismo não avança. Em Bali, na Indonésia, por exemplo, os restaurantes estão fechados e muitos empregados perderam o seu trabalho”, recordou.

“Pelo contrário, o nosso país não depende do setor turístico, mas é importante que invistamos agora em áreas essenciais, como agricultura e pescas”, defendeu.

Questionado sobre as receitas do setor, o dirigente disse não conhecer exatamente os dados.

“Não posso dar o montante. Devo dispor de dados. No entanto, segundo o Banco Central de Timor-Leste, as receitas do turismo aumentaram, entre 2011 e 2019”, concluiu. (Mj2)

No More Posts Available.

No more pages to load.