MS quer manter apoio a Clínica do Bairro Pité

by -62 views

DÍLI- A Ministra da Saúde (MS), Odete Maria Freitas Belo, disse que o Governo pretende manter o apoio à Clínica do Bairro Pité, lembrando a assinatura de um memorando de entendimento celebrada ainda neste ano  com o objetivo de disponibilizar verbas para responder às necessidades desta clínica.

“Eu própria assinei [o memorando] em 2020. Quanto à quantia, já não me recordo. Entendemos que devemos continuar a alocar verbas para que a clínica consiga atender todos os seus pacientes de forma adequada”, disse Odete, na passada sexta-feira (11/12), aos jornalistas do Timor Post, no Salão de Caicoli, Díli.

Segundo a ministra, o apoio financeiro avançará no próximo ano, visto que o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2021 foi recentemente aprovado, aguardando somente que seja promulgado pelo Presidente da República.

Questionada sobre o plano do MS que prevê nacionalizar a clínica privada, Odete respondeu que o Governo tem estado a debruçar-se sobre o assunto, mas ressalvou que cabe à direção da clínica decidir se pretende tornar-se pública.

“Tive um encontro com o gestor da Clínica do Bairro Pité e disse-me que não existe neste momento vontade expressa em nacionalizar a clínica”, referiu.

O gestor da Clínica do Bairro Pité, Inácio dos Santos, agradeceu, por seu turno, ao Governo, em particular ao Ministério da Saúde, por ter disponibilizado apoio financeiro, alocando mensalmente 15 mil dólares americanos desde julho deste ano.

“Em relação ao fundo adquirido, temo-lo sabido aplicado de forma adequada no âmbito do nosso programa. Em 2021, está também previsto obtermos apoio financeiro junto do Gabinete de Apoio à Sociedade Civil. A verba  será então destinada ao combate a diversas doenças, como a tuberculose, o VIH/SIDA e doenças oncológicas”, informou Inácio.

Segundo o responsável, são muitos os pacientes que sofrem de tuberculose e que residem no Suco do Bairro Pité.

“Os nossos profissionais de saúde deslocaram-se recentemente à aldeia de Ailook-Laran e encontraram lá uma família inteira, constituída por sete pessoas, e todos padeciam da mesma patologia, ou seja, sofriam de tuberculose”, frisou.

Inácio dos Santos manifestou, entretanto, o seu compromisso de erradicar a doença, no próximo ano, no Suco do Bairro Pité.

“Com o apoio financeiro que virá da parte do Ministério da Saúde e do Gabinete de Apoio à Sociedade Civil sob a tutela do Gabinete do Primeiro-Ministro, comprometemo-nos a erradicar a doença neste suco. Prosseguiremos com as visitas a cada agregado familiar já a partir de janeiro do próximo ano. Os nossos profissionais efetuarão, deste modo, visitas com o objetivo de chegarmos ao final de 2021 e podermos anunciar publicamente que o Bairro Pité está livre de tuberculose”, concluiu. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.