MS e Fundação Alola disponibilizam formação a profissionais de saúde de Díli

by -91 views

DÍLI – O Ministério da Saúde (MS) e a Fundação Alola deram início à uma formação relativa ao Pacote Integrado de Grupo de Apoio Materno (PIGSI, em tétum), destinada aos profissionais de saúde do Município de Díli. A formação realiza-se entre os dias 23 e 26 de junho, no Instituto Nacional de Saúde (INS), em Comoro.

Segundo a página oficial da Fundação Alola no Facebook a que o Timor Post teve acesso, a formação é financiada pela União Europeia, através do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês), cujo objetivo é capacitar os profissionais de saúde nos 36 sucos do Município de Díli.

A abertura oficial da formação contou com a participação do Diretor do INS, Chefe Departamento de Promoção e Educação à Saúde do MS, Diretora-Executiva do Serviço de Saúde do Município de Díli (SSMD), Diretora da Fundação Alola e a representante da UNICEF.

De acordo com a informação apurada, após a formação, os profissionais de saúde levarão a cabo encontros semanais com o Grupo de Apoio Materno, incluindo ações de divulgação de informação junto da comunidade.

Recorde-se que em agosto de 2016, a Chefe-Executiva da Fundação Alola, Alzira Reis, celebrou um acordo técnico com o INS para a formação de profissionais de saúde em Timor-Leste.

O acordo técnico celebrado trata-se do reconhecimento por parte do INS e do MS para a capacitação dos recursos humanos da fundação que, enquanto parceira, promove formações na área de saúde materno-infantil, com destaque para a criação do Grupo de Apoio Materno. (*/fer)

No More Posts Available.

No more pages to load.