MPCM, UE e Portugal discutem propostas para combate às alterações climáticas

by -143 views
Foto Espesial

DÍLI (Timor Post) – O Ministro da Presidência do Concelho de Ministros (MPCM), Fidélis Leite Magalhães, realizou um encontro com o Embaixador da União Europeia (UE), Andrew Jacobs, e Embaixador de Portugal em Timor-Leste, José Pedro Machado, para discutirem propostas que visam combater as alterações climáticas.

Fidélis Magalhães informou que os embaixadores da UE e de Portugal reconheceram o esforço de Timor-Leste no contributo para a redução do impacto das mudanças climáticas que afetam a alimentação, água e qualidade do ar.

“As alterações climáticas são um assunto demasiado importante para o pôr de lado. Timor-Leste pode contribuir para o combate às mudanças do clima, na adoção de medidas que visam prevenir a ocorrência de fenómenos extremos de desastres naturais, destruindo o nosso ambiente. Temos de nos adaptar a estes fenómenos climáticos muito severos”, disse Fidélis Magalhães aos jornalistas, esta quinta-feira (14/10), no Palácio do Governo.

O governante informou ainda que a UE se compromete a apoiar o plano de Timor-Leste aprovado em Bruxelas para combater as alterações climáticas.

“A União Europeia compromete-se a trabalhar com Timor-Leste para avançarem com o programa, que incide na arborização e reabilitação das florestas e pontes para reduzir o dióxido de carbono. Avançaremos com a utilização de novas energias renováveis, como a solar e hidroelétrica”, referiu.

Já o Embaixador da UE, Andrew Jacobs, disse que todos os países devem dispor de um plano onde deverão constar as prioridades no combate às alterações climáticas.

“Temos de convencer todos os países a serem mais ambiciosos no que toca ao combate às mudanças climáticas, porque se encontram ameaçados. A própria população a residir nos locais mais distantes deve adaptar-se à atual situação provocada pelas alterações climáticas”, apelou.

O diplomata acrescentou que a UE apoiou Timor-Leste com técnicos agrícolas para desenvolverem o setor agrícola no país e financiam de igual modo os países na promoção de ações de combate às alterações climáticas. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.