Morrem três pessoas com tuberculose por dia em Timor-Leste

by -311 views
Dr. Nelson Martins. Foto JSI

Díli (Timor Post) – O médico e investigador de saúde Nélson Martins revelou que Timor-Leste regista por dia três mortes por tuberculose.

O investigador afirmou a dificuldade do tratamento e cura da doença quando não são diagnosticados os casos de tuberculose.

“Muitos doentes, principalmente os que vivem em condições de grande precariedade, acabam por adoecer com tuberculose por falta de diagnóstico. Temos, pois, de efetuar o diagnóstico de todos os casos da doença no sentido de assegurar uma cura plena e a quebra da cadeia de transmissão da doença. Em Timor-Leste, morrem por dia três pessoas por causa desta doença infecciosa ”, avançou.

O médico defende, por isso, uma investigação exaustiva sobre os fatores de risco que levam milhares de pessoas a contrairem a doença.

“Precisamos do compromisso e cooperação de todas as entidades relevantes para implementar o programa. Pedimos a todos que se desloquem aos centros de saúde mais próximo, sempre que tiverem sintomas da doença, como a tosse e febre”, apelou.

Segundo Nélson Martins, o número de casos de tuberculose não evoluiu favoravelmente desde 1998, altura em que começou a trabalhar na área.

“Precisamos, por isso, de escavar mais nessa questão. No entanto, cabe ao Ministério da Saúde investir mais nesta área para erradicar a doença”, sugere.

Respondendo à questão, a Ministra da Saúde, Odete Belo, reconhece o elevado número de doentes com tuberculose em Timor-Leste, comparativamente a outros países asiáticos.

“São vários os doentes que acabam por não cumprir à risca a recita médica. Outros há em que se recusam a ir ao hospital meesmo que apresentem sintomas há duas semanas. Só o fazem quando  o seu estado de saúde se agravou entretanto, numa fase em que a doença já não é curável”, disse.

Recordou ainda que existem no mercado medicamentos que ajudam a curar a doença, alertando, no entanto, para a necessidade de os doentes se deslocarem ao hospital  assim que sentir os primeiros sintomas”. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.