MJ concede nacionalidade a mais de 300 estrangeiros

by -105 views
Ministro da Justiça, Manuel Cárceres

DÍLI (Timor Post) – O Ministério da Justiça (MJ) concedeu a nacionalidade timorense a 300 cidadãos estrangeiros.

“Durante a minha governação, mais de 300 estrangeiros, a maioria de nacionalidade indonésia, casaram-se com os nossos timorenses. Apesar de não estarem casados a menos de cinco anos, possuem já filhos com idade adulta e até netos. Eles têm direito, porque nunca regressaram ao país. Ao invés, aqueles que estão casados há cinco ou mesmo há seis anos, terão de aguardar!”, afirmou o Ministro da Justiça, Manuel Cárceres, na quinta-feira (23/09), após a audiência com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no Palácio do Governo.

O ministro lembrou que os cidadãos estrangeiros que manifestaram o desejo de obterem  a nacionalidade timorense, têm de cumprir os requisitos definidos na lei sobre a concessão da nacionalidade. No caso de se casar, afirmou, deve agir de boa-fé, e não tirar proveitos dessa circunstância.

Questionado sobre a concessão da nacionalidade timorense aos cidadãos estrangeiros que tenham uma atividade de negócio com mais de cinco anos em Timor-Leste, Manuel Cárceres respondeu que não lhes foram concedidos a respetiva nacionalidade para evitar situações de aproveitamento pessoal.

“Sobre os comerciantes estrangeiros, deverão aguardar! Embora tenham feito o pedido, devem esperar!”, concluiu. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.