MI orienta UPF para reforçar segurança na fronteira

by -42 views

DÍLI – O Ministério do Interior deu orientações à Unidade de Patrulhamento de Fronteira (UPF) para reforçar a segurança nas zonas fronteiriças, tendo em conta o aumento de casos positivos de covid-19 no país vizinho, Indonésia.

“Informei o Primeiro-Ministro da necessidade de reforçar a segurança na linha fronteiriça para prevenir entradas ilegais”, disse o Vice-Ministro do Interior, António Armindo, aos jornalistas, esta sexta-feira (15/01), após o encontro com o Primeiro-Ministro, no Palácio do Governo.

O governante afirmou ainda que o Governo está preocupado com a situação de segurança na fronteira. Por isso, o Comandante-Geral da Polícia Nacional de Timor-Leste já orientou o Comandante da UPF para controlar os locais identificados como de entrada e saída ilegal de pessoas.

“Já falámos com o Comandante da PNTL, que deu orientações ao comandante da UPF e aos comandantes municipais para trabalharem em conjunto e garantirem a segurança na fronteira. Podemos aumentar os agentes de segurança nos locais identificados como de circulação ilegal”, referiu.

O ministro acrescentou, por último, que o Governo de Timor-Leste precisa de prestar uma atenção séria à fronteira, porque, se existe movimentação ilegal, as pessoas infetadas com covid-19 podem transmitir a doença.

“Sabemos que a circulação ilegal na fronteira aumenta o risco de transmissão. Peço, por isso, aos cidadãos que tenham consciência e não se movimentem na fronteira”, apelou. (jmi)