Métodos tradicionais não combatem praga da lagarta do cartucho do milho

by -57 views

DÍLI – O deputado da bancada do Congresso Nacional de Reconstrução de Timor-Leste (CNRT) Duarte Nunes disse que os métodos tradicionais usados pelos agricultores não combatem a praga da lagarta do cartucho do milho, que tem provocado danos consideráveis na cultura do milho em Timor-Leste.

O parlamentar afirmou ainda que o Estado tem de ver esta situação, dado que a maioria da população depende da agricultura.

“Temos o Estado para levar em conta esta situação. Os outros países conseguem combater esta praga da lagarta do cartucho do milho. Por que motivo é que nós não podemos?”, questionou Duarte Nunes aos jornalistas, esta quinta-feira (21/01), no Parlamento Nacional.

O deputado salientou, por outro lado, que, como os métodos tradicionais não se mostram eficientes no combate a esta praga, a população deverá então adotar os meios usados em outros países.

O Vice-Chefe da bancada do Partido Democrático (PD) Adriano do Nacimento referiu, por seu turno, “a imprevisibilidade da natureza”.

“A praga surgiu tal como o vírus. O que temos de fazer para prevenir? Queremos comprar os pesticidas em Jacarta, mas não podemos. Temos de ter paciência. Isto é provação de Deus”, acrescentou. (azu)

No More Posts Available.

No more pages to load.