Metade das famílias da RAEOA já recebeu subsídio do MSSI

by -25 views

DÍLI- O Ministério da Solidariedade Social e Inclusão (MSSI) já tinha pago, até esta terça-feira, 07 de julho, o subsídio de 200 dólares a metade dos agregados familiares da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA). Foram já desembolsados 1,8 milhões de dólares americanos.

“Até ontem, 07 de julho, as equipas de pagamento do MSSI já tinham pago a 9.267 agregados familiares da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno, tendo sido gasto um orçamento total de 1,8 milhões de dólares americanos”, revelou o Diretor-Geral do MSSI, Rui Exposto, esta quarta-feira (08/07), em Caicoli, Díli.

Rui Exposto avançou ainda que neste enclave já foram registadas 242 reclamações, recordando que, nos 12 municípios, foram reportadas 11.841.

“Devemos juntar todas as reclamações, incluindo as dos 12 municípios, para que possamos fazer a verificação, uma por uma, e o MSSI e o Ministério da Administração Estatal deem resposta”, acrescentou.

De acordo com os dados relativos à RAEOA disponibilizados pelo MSSI, no suco de Nitibe, já 57,3% dos agregados familiares inscritos receberam este apoio monetário, seguido de Pante Macassar, o suco mais populoso, com 53,2%. Em Oesilo, foram apenas pagas 29,3% das famílias. Em Passabe, o pagamento foi feito apenas a 16,5% dos agregados familiares.

Rui Exposto adiantou ainda que apenas 17,8% dos agregados familiares foram representados por mulheres.

O pagamento na RAEOA, com início a 04 de julho, decorrerá no prazo de 10 dias. Receberão nesta região o apoio monetário 20.032 beneficiários, tendo sido alocado um valor superior a 4 milhões de dólares. (isa)