MESCC propõe ingresso de 910 estudantes carenciados através de regime especial da UNTL

by -49 views
Ministru Ensinu Superiór, Siénsia no Kultura,Longuinhos dos Santos. Imajen/Egas Cristovao

Díli- O Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC), Longuinhos dos Santos, disse que esta instituição propõe, no âmbito de um novo regime especial, o ingresso de 910 estudantes carenciados na Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL) e Instituto Politécnico Betano (IPB) para o ano letivo de 2021.

“O MESCC planeou conceder bolsas de estudo a estudantes mais carenciados. Queremos recrutar, como tal, 910 pessoas para o próximo ano letivo”, disse o ministro, na passada sexta-feira (11/09), aos jornalistas do Timor Post, à margem do seu encontro com a equipa do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão (MSSI), em Colmera, Díli.

O governante referiu ainda que os candidatos estudantes provenientes dos diferentes municípios do país deverão preencher os requisitos previstos pelo MESCC.

“Acabámos de definir os requisitos para os estudantes carenciados e os de outros regimes especiais relativos ao acesso ao ensino superior público. É necessária uma colaboração com o MSSI para a questão em causa”, explicou o governante.

Longuinhos dos Santos recordou que os estudantes podem ingressar, anualmente, através do regime geral e do especial.

“O regime geral será concedido aos estudantes finalistas do ano letivo de 2020, oriundos do ensino secundário geral e técnico-vocacional. O regime especial constitui uma oportunidade concedida aos alunos que concluíram os seus estudos no ensino secundário nos últimos quatro anos, aos filhos dos veteranos e de pais carenciados”, salientou.

“Há dois ou três dias, o MESCC, em cooperação com o Ministério da Educação, Juventude e Desporto, MSSI e Ministério para os Assuntos dos Combatentes da Libertação Nacional, assinaram um Memorando de Entendimento que visa facilitar o acesso de alunos à UNTL”, acrescentou.

Já a Vice-Primeira-Ministra e Ministra da Solidariedade Social e Inclusão, Armanda Berta dos Santos, tinha antes dito que os jovens de famílias carenciadas teriam a oportunidade de ingressar na UNTL.

A governante garantiu ainda que o VIII Governo não abandonará ninguém e que, pelo contrário, dará oportunidade a todos os cidadãos timorenses.

“Ninguém será abandonado. Aguardamos a assinatura do Memorando de Entendimento pelos ministérios relevantes, que será um passo importante na busca de soluções, nomeadamente através de um regime especial, para os que se encontram em dificuldades”, disse Berta, na semana passada, aos jornalistas do Timor Post, no âmbito da assinatura de um Memorando de Entendimento entre os ministérios, no Salão Ian Martin, no INFORDEPE, em Balide, Díli. (mj2)

No More Posts Available.

No more pages to load.