MESCC prevê orçamento para internet e propinas de universitários

by -354 views

DÍLI – O Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC) propõe fazer uso de verbas do Orçamento Retificativo para proceder ao pagamento de propinas e à aquisição de internet para mais de 65 mil estudantes universitários.

Outra proposta visa a instalação da rede de internet nas instituições de ensino superior privado para permitir aos professores e estudantes acederem em linha à biblioteca.

“Além de atribuir pulsa para a internet no valor de dez dólares americanos aos universitários, o MESCC instalará também internet em todas as universidades privadas”, disse o Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura, Longuinhos dos Santos, aos jornalistas, esta quarta-feira (07/04), em Formosa.

O governante afirmou ainda que o ministério prevê efetuar o pagamento de 150 dólares americanos relativos às propinas do primeiro semestre a cada estudante. Salientou, no entanto, que, caso a cerca sanitária se estenda por mais tempo, o MESCC assegurará o seu pagamento até ao final do ano letivo.

“Os estudantes ficam isentos de propinas no valor de 150 dólares referentes ao primeiro semestre. Se as atividades letivas continuarem suspensas, teremos a possibilidade de adotar esta medida no segundo semestre”, referiu.

Segundo o ministro, o MESC ainda não divulgou o valor do orçamento, dado que ainda não foi aprovado no Parlamento Nacional

“Vocês poderão fazer uso deste montante, quando a Lei do Orçamento Retificativo for aprovada no Parlamento”, sublinhou.

Longuinhos dos Santos apelou ainda aos estudantes que pretendem regressar aos municípios que se registassem na sua universidade para então efetuarem o teste de rastreio à covid-19.

“Peço aos universitários que queiram já regressar aos municípios que cooperem com os serviços de saúde do município para serem sujeitos ao teste de despistagem. Acredito que, enquanto estudantes, deem importância à saúde pública”, concluiu.  (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.