MESCC disponibilizará bolsas de estudo para 50 professores do ensino superior privado

by -30 views

Díli- O Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MSCC), Longuinhos dos Santos, informou que o seu ministério planeia atribuir bolsas de estudo a 50 professores do ensino superior privado em 2021.

Segundo o governante, a atribuição das respetivas bolsas tem por objetivo melhorar a qualidade de educação das universidades privadas.

“Vamos oferecer bolsas de estudo aos docentes do ensino superior, tanto público como privado. Os do privado deverão ser os primeiros com acesso às bolsas e planeamos dar, então, a 50 pessoas em 2021”, disse o ministro, esta quarta-feira (11/11), aos jornalistas do Timor Post, no salão da Paróquia da Catedral, em Díli.

O ministro lembrou ainda que o ministério juntamente com o Conselho de Reitores tinham antes definido a atribuição de um total de 60 bolsas aos docentes, mas viria a ser reduzido  para 50 e “estes serão colocados na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”.

“É por isso que o MSCC traçou uma política que incide sobre a promoção da formação da língua portuguesa em todas as universidades privadas acreditadas. Não tenho dados fixos, mas pelo menos 200 docentes frequentam atualmente esta formação para obterem ou concorrerem às bolsas de estudo de 2021”, referiu.

Já o Reitor da Universidade de Díli (UNDIL), José Belo, considerou o programa útil para o ensino superior privado.

“O programa de bolsas de estudo para os docentes do ensino superior privado é útil para equilibrar a qualidade de ensino entre as universidades públicas e privadas”, concluiu. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.