Mercado de Tais em Colmera sem compradores

by -142 views
Foto Espesial

Díli (Timor Post)- Os comerciantes no Mercado de Tais em Colmera mostram-se apreensivos com a falta de rendimento justificada pela pouca afluência de visitantes.

A comerciante Madalena Maria Gomes afirmou que, apesar de o Governo ter declarado o regresso à normalidade em Díli, o mercado situado em pleno coração da capital vive momentos de incerteza, com a falta de clientes em resultado da crise pandémica provocada pela covid-19.

“Às vezes, chegámos a ter um só comprador ao longo da semana.Veio apenas comprar tais para uma cerimónia fúnebre”, disse Madalena Gomes ao Timor Post, na passada quinta-feira (23/09), no Mercado de Tais, em Colmera.

Para contornar a situação, acomerciante afirmou ter recorridoà venda de outros produtos de artesanato, tais como o tamborim, cesto(lafatik), Kaebauk, Mortem, miniaturas de casas tradicionais e belak.

“As vendas são quase nulas, sejam tais sejam outros artigos de artesanato”, lamentou.

Os tais vendidos no mercado foram adquiridos pelos produtores locais nos municípios, cujopreço varia consoante o tipo de uso. Os que são usados por mulheres custa 15 dólares, enquanto pelos homens o preço sobe para os 20 dólares.

Segundo Madalena Gomes,a fonte principal do Mercado de Tais são os turistas, porém após a imposição das medidas restritivas por parte do Governo para conter a covid-19, assistiu-se à saída gradual dos turistas.

“A covid-19 tem impedido a vinda dos turistas a Timor-Leste e obrigou os que estão cáa regressarem ao seu país”, referiu. (asb) 

No More Posts Available.

No more pages to load.