MEJD supervisionará realização de provas na Escola Paulo VI

by -81 views

Díli- O Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD) enviará uma equipa à Escola Paulo VI para supervisionar a realização das provas sumativas do primeiro período, que segundo um despacho do MEJD, deviam ser substituídas por avaliação formativa.

“A equipa vai observar [a Escola Paulo VI]. Caso sejam desrespeitadas as orientações, a escola receberá uma chamada de atenção, pois todos têm de cumprir as regras da covid-19 emitidas pelo Ministério da Saúde”, alertou o Diretor-Geral do Ensino Secundário-Geral e Técnico Vocacional do MEJD, Deolindo da Cruz, ao Timor Post, na terça-feira (23/06), em Vila Verde.

Segundo as orientações do Ministério da Saúde, cada sala não deverá ter mais de 20 alunos para que seja garantido o distanciamento físico.

“Não vi ainda qual a dimensão das salas. Cada sala tem normalmente 40 pessoas. Caso se tratem de salas médias, então o protocolo do Ministério da Saúde não é cumprido”, referiu.

O responsável explicou que, segundo o despacho emitido pelo MEJD, devido à covid-19, as escolas não deveriam realizar provas de avaliação sumativa, mas proceder apenas a uma avaliação formativa.

“O despacho do MEJD altera o modelo de avaliação. Temos de aplicar uma avaliação formativa. Não chegámos a entrar na sumativa”, explicou.

O diretor lembrou ainda que, devido à suspensão das atividades letivas, as escolas não puderam realizar os exames do primeiro trimestre, em abril, nem os poderão efetuar no segundo, em julho. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.