MEJD reconhece dificuldade em resolver o problema da caderneta escolar

by -16 views
Armindo Maia

DÍLI (Timor Post) – O Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD) reconheceu o problema relativo à disponibilização de cadernetas escolares originais, visto que o ministério não as produz desde 2019.

O Ministro da EJD, Armindo Maia, proferiu estas declarações, na sexta-feira(13/08), aos jornalistas, em Comoro, Díli.

“O problema da caderneta escolar originaltorna-se mais falado nestes dias, porque ouvimos sempre as mesmas perguntas por parte dos responsáveis escolares quando visitamos os seus estabelecimentos de ensino. As escolas não possuem cadernetas originais e utilizam papéis para preencherem provisoriamente as notas dos estudantes. Ainda não conseguimos resolver a questão”, disse Armindo Maia.

O governante informou ainda que o MEJD já distribuiu as cadernetasaos primeiro, segundoe terceiro ciclos doEnsino Básico, mas ainda não são suficientes.

“O ministério pediu, como tal, às escolas que trabalhassem junto do Executivo no sentido de solucionar a questão. Caso não consigamos resolvê-la, adiamos para o próximo ano”, salientou.

Na mesma linha, o coordenador da Unidade do Currículo Nacional, Pedro Gonçalves, informou que o MEJD, através da cooperação com os parceiros de desenvolvimento, conseguiu produzircadernetas originais que já foram oferecidas aos estudantes do primeiro ao terceiro ciclosdo ensino básicoem todo o território.

“Distribuímos, em abril, 179.928 cadernetas.Os nossos parceiros disponibilizaram-nos 90 mil”, afirmou.

O diretor da Educação do Município de Baucau, Augusto Hornai Ximenes, disse, por sua vez, que a educação municipal também enfrenta este problema desde 2019.

“Recebemos já três mil cadernetas originais oferecidas pelo Ministério da Educação, Juventude e Desporto destinadas apenas aos estudantes do ensino básico. Contudo, 11 mil estudantes ainda não as possuem pornão astermos recebido durante três anos”, informou.

O diretor da educação do Município de Viqueque, Emídio Amaral, afirmou que a educação municipal enfrenta o mesmo problema.

“Ouvimos dizer que o ministério já produziu cadernetas originais. Estamos muito contentes, pois a maioria dos estudantes de Viqueque não as possui. Temos mais de 26 mil estudantes no município”, frisou. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.