Medicamentos para epilepsia em rutura de stock

by -93 views
Foto Especial

DÍLI (Timor Post) – O Chefe do Departamento da Administração e Logística do Serviço de Saúde do Município de Ermera (SSME), Gilberto Soares Lemos, disse que os fármacos para a epilepsia se encontram em rutura de  stock desde o início de outubro.

“Estão neste momento esgotados os medicamentos destinados ao tratamento da epilepsia”, disse Gilberto Lemos ao Timor Post, esta segunda-feira (15/11), via telefone.

Segundo o responsável, apesar da falta de fármacos para a epilepsia, o SSME possui ainda outros medicamentos em número suficiente para o tratamento de doentes com distúrbios mentais nos centros e postos de saúde localizados no município de Ermera.

A Ministra da Saúde (MS), Odete Maria Freitas Belo, referiu, por seu turno, que o ministério celebrou um acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para a aquisição de medicamentos em cada trimestre, além de reagentes e demais artigos utilizados no laboratório nacional.

“Temos 85 itens de fármacos adquiridos na semana passada. Efetuamos já a sua distribuição para diversos centros hospitalares, nomeadamente o Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) e hospitais de referência”, disse.

Odete lembrou ainda que o acordo celebrado com o PNUD contou com o financiado superior a cinco milhões de dólares americanos.

“Há determinados artigos farmacêuticos essenciais que ainda não foram comprados devido à escassez de verbas. Para tal, o Ministério da Saúde deve reforçar o montante do fundo. Tivemos de enfrentar a falta de vários tipos de medicamentos durante a crise pandémica da covid-19. Por isso, continuamos a dar particular relevo à sua aquisição para garantir o tratamento das doenças complicadas”, concluiu. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.