MAP dá início a cultivo de arroz em Atabae

by -29 views

Bobonaro – O Ministro da Agricultura e Pescas (MAP), Pedro dos Reis, deu início, na passada quinta-feira (30/07), ao cultivo de arroz no suco de Aidaba, no Posto Administrativo de Atabae, Município de Bobonaro.

Segundo o comunicado a que Timor Post teve acesso, o lançamento tem por objetivo aumentar a produção orizícola no país, sendo que esta é a segunda época de cultivo e abrange uma área de 184 hectares. A cerimónia contou com a participação do Diretor Nacional do MAP, Acácio Guterres, estudantes da UNTL, autoridades locais bem como habitantes de Atabae.

De acordo com Pedro dos Reis, o surto pandémico do novo coronavírus torna-se uma lição para Timor-Leste. Sublinhou, por isso, que, além da aquisição de medicamentos para a prevenção da doença, é necessário garantir uma alimentação adequada aos cidadãos.

“Se surgirem casos ativos, forneceremos alimentos. O MAP já não está preocupado com bens alimentícios. O nosso esforço e a política são melhorar a produção e garantir a segurança alimentar”, disse.

O governante referiu igualmente que, apesar de o MAP ter definido um plano para este ano, não será alcançado devido à falta de orçamento e ao curto prazo da sua implementação.

“Estamos, por isso, a envidar todos os esforços para que seja garantida, no próximo ano, a produção agrícola nos terrenos abandonados, porque não vamos ficar apenas com 184 hectares”, afirmou, recordando que tem apenas um mandato de cerca de dois anos e, como tal, todos os planos traçados poderão não ser realizados.

Revelou, de igual modo, que o MAP pretende, em 2021, efetuar a manutenção do sistema de irrigação de todo o território e a reorganização de grupos de agricultores para garantir a produção de arroz, respondendo, desta forma, aos problemas do país.

Já Bernardino Lima, líder de um grupo, disse que, dos 184 hectares, cerca de dois pertenciam a um grupo de 12 agricultores e 292 residentes de Atabae.

O produtor lembrou igualmente a construção de viveiros por parte dos técnicos do MAP e agricultores e a importância do uso de adubos entre os oito e os 14 dias de cultivo do arroz para garantir o desenvolvimento da planta. (*/ita)

No More Posts Available.

No more pages to load.