‘Mandati’ e ‘Assanami’: ‘Guntur’ merece ser sepultado no Jardim dos Heróis

by -30 views

DÍLI – Os deputados das bancadas da Fretilin e do Partido Democrático (PD) disseram que, apesar de o deputado Sabino Soares ‘Guntur’ não estar registado na Comissão de Homenagem, merece ser sepultado no Jardim dos Heróis de Metinaro por ter dedicado grande parteda sua vida à luta pela libertação da pátria.

“O mesmo se sucedeu com a mãe do irmão Ramos Horta. A Comissão de Homenagem registou o seu nome nas últimas horas da sua vida. Podemos, por isso, abrir esta exceção. Não concordoque  [Sabino ‘Guntur’] não seja enterrado no Jardim dos Heróis só porque não foi registado na Comissão. Participou nas três frentes – Armada,Diplomática e Clandestina -, pelo quedeve ser reconhecido”, disse o deputado David Dias ‘Mandati’, esta segunda-feira (25/01), no Parlamento Nacional.

David Dias ‘Mandati’ lembrou ainda que muitas são as pessoas que reconhecemo contributode Sabino ‘Guntur’ durante a ocupação indonésia.

O deputado da Bancada do PD Mariano ‘Assanami’ Sabino disse, por seu turno, que alguns dos líderes que participaram ativamente na luta pela independência ainda não estão registados, peloque entende que  a Comissão de Homenagem deverá solucionar esta questão.

“Muitos líderes da resistência não querem ser registados.Temosuma certa responsabilidade moral quando não procedemos ao seu registo. Se o nosso membro não está registado, cabe a nós,enquanto líderes, efetuar o seu registo? Claro que não. Compete, antes, à Comissão de Homenagem o dever de identificar os líderes e os quadros envolvidos na luta pela libertação. Não são as pessoas que têm de se registar na comissão”, questionou.

“A luta pela independência não tem patrão. Todos oferecemos a nossa vida pela pátria. Embora o nosso contributo já tenha terminado, o Estado tem de nos reconhecer. Por isso, entendo que o lugar do nosso companheiro deveráser o Jardim dos Heróis”, lembrou.

Já o Presidente do Parlamento Nacional, Aniceto Guterres, disse que a família e o Partido de Libertação Popular (PLP) estão em busca de soluçõespara pôr termo a este diferendo.

“A família e o seu colega do Partido PLP deram já início, desde sábado, ao processo de registo.  Temos a informação de que a Comissão de Homenagem já endereçou uma carta ao Presidente da República”, concluiu.

Jornalista Júlio Salinas Soares